1

António Costa, à grega, insiste em subida do salário mínimo

PUB

antónio costa

Vários pontos separam PS e Atenas do governo português. Socialistas defendem que contratação coletiva é essencial

No dia em que o governo grego teve de recuar perante a troika, António Costa defendeu duas das bandeiras do Syriza: a “progressão sustentada do salário mínimo” e o “desbloqueamento da contratação coletiva”. O secretário-geral do PS falava numa conferência promovida pela revista britânica The Economist, em Cascais, onde a ministra das Finanças manteve a linha “alemã”.

Após o governo ter sido acusado pela oposição de se ser mais alemão que os alemães, estará Costa a ser mais grego que os gregos? É difícil responder, pois as realidades são diferentes, mas Costa apresenta medidas de forma mais destemida.

Fonte: Diário de Notícias

Ironia d'Estado

O Ironia de Estado é um repositório com informações diárias sobre as misérias que acontecem em Portugal. Destacamos noticias que afectam o quotidiano dos Portugueses a nível social e económico para evidenciar más decisões dos governantes.

Diga o que pensa disto

One Comment

  1. De boas promessas está o inferno cheio. É claro que o Sr.António Costa para aliciar o eleitorado e alicerçar a sua posição como político, terá obviamente como todos os outros, de fazer promessas às cegas, baseadas no principio de que tudo o que salta para o bornal é benvindo. Quanto à concretização das promessas, encontrará como todos os outros ainda, escusas mais ou menos “trabalhadas” discretamente e sempre no sentido de não as respeitar. Mas, sempre haverá carneiros que votarão nele. Quando me refiro a carneiros, refiro-me a quem votará nele. Mas isto, tanto a ele como a qualquer outro da direita, porque são todos uns aldrabões e mentirosos.

Tem algo a dizer sobre isto? Então comente